Maior ameaça à democracia no mundo é a polarização, diz o ator Wagner Moura

Maior ameaça à democracia no mundo é a polarização, diz o ator Wagner Moura

O ator Wagner Moura compartilhou sua opinião sobre o filme “Guerra Civil”, que estreou nos cinemas brasileiros recentemente, relacionando-o com a realidade política do Brasil e dos Estados Unidos nos últimos anos. Na perspectiva de Moura, o filme serve como um importante alerta sobre os perigos da polarização que tem afetado ambos os países.

Segundo ele, o filme retrata um grupo de jornalistas, no qual ele também faz parte, que tenta chegar a Washington para entrevistar um presidente dos Estados Unidos, caracterizado como um líder com inclinações fascistas, embora o filme não tenha uma agenda ideológica definida. Moura enfatiza que não é adequado estabelecer uma conexão direta entre o personagem e líderes políticos reais, como Donald Trump e Jair Bolsonaro, pois isso prejudicaria a compreensão do filme.

“Guerra Civil” é uma distopia política que apresenta uma visão do que poderia acontecer nos Estados Unidos caso a polarização entre democratas e republicanos se intensificasse. Na trama, forças pró e contra o presidente, interpretado por Nick Offerman, entram em conflito e destroem o país. O filme mostra cenas impactantes de locais emblemáticos do nacionalismo americano sendo bombardeados, como a Casa Branca.

De acordo com Moura, a polarização política é algo conhecido tanto no Brasil quanto no mundo todo, e o filme gera uma sensação de dissonância cognitiva para os espectadores americanos, pois eles estão acostumados a ver esse tipo de destruição retratada em filmes sobre guerras no Oriente Médio, mas agora estão presenciando isso acontecer em Washington.

Dessa forma, Wagner Moura expressa sua opinião de que o filme “Guerra Civil” possui relevância para a realidade política brasileira, destacando os perigos da polarização e suas potenciais consequências para a democracia.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *