Representantes da OAB aconam CNMP contra insultos de promotor a advogado

Representantes da OAB aconam CNMP contra insultos de promotor a advogado

Os representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Rogério Varela e Rodrigo Badaró, membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), registraram uma queixa disciplinar relacionada a um incidente ocorrido durante uma sessão do Tribunal do Júri em Cascavel, no estado do Paraná, envolvendo o promotor Tiago Trevizoli Justo.

De acordo com os conselheiros, o promotor dirigiu graves insultos ao advogado Claudio Dalledone, o que constitui uma clara violação dos princípios éticos e morais que devem guiar a atuação de um membro do Ministério Público. A queixa disciplinar solicita a aplicação de medidas cautelares contra o promotor e requer seu afastamento temporário das funções relacionadas ao Tribunal do Júri até que a investigação disciplinar seja concluída.

Os conselheiros do CNMP destacam a necessidade de uma resposta enérgica diante desse tipo de conduta, ressaltando que casos de insultos proferidos por membros do Ministério Público contra advogados têm se tornado cada vez mais frequentes. Eles enfatizam a importância de uma atuação rigorosa do CNMP, tanto na orientação dos membros do Ministério Público quanto na investigação e punição exemplar daqueles que se desviam de seus deveres. Portanto, os conselheiros do CNMP apresentaram a queixa disciplinar à Corregedoria Nacional do Ministério Público, buscando a aplicação de medidas cautelares e uma investigação abrangente do caso envolvendo o promotor Tiago Trevizoli Justo.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *