Polícia Civil cumpre 39 ordens judiciais contra traficantes de drogas sintéticas na modalidade rateio

Polícia Civil cumpre 39 ordens judiciais contra traficantes de drogas sintéticas na modalidade rateio

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), iniciou na manhã de sexta-feira (26.04) a Operação Rateio, que visa cumprir 39 ordens judiciais, sendo 27 mandados de busca e apreensão em residências e 12 ordens de bloqueio de contas bancárias. O foco da operação é combater traficantes de drogas que atuam na região metropolitana e utilizam o método de rateio.

Essa operação faz parte dos esforços da Operação Narke, coordenada pelo Ministério da Justiça, que tem como objetivo combater o tráfico de drogas em todo o Brasil por meio das delegacias especializadas.

Em Mato Grosso, as ordens judiciais foram emitidas pelo Núcleo de Inquéritos Policiais (Nipo) da Capital, com base em representações elaboradas pelos delegados da DRE após investigações realizadas pelas equipes policiais. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis.

Durante as investigações conduzidas pela DRE, foram identificados traficantes envolvidos na venda de drogas sintéticas, como ecstasy, MDMA e LSD, conhecidas como “bala”, “doce”, além de diferentes variedades de maconha, que eram comercializadas com usuários na Capital e em Várzea Grande.

As investigações revelaram que os traficantes adquiriam grandes quantidades de drogas para realizar o rateio, distribuindo porções menores entre os traficantes que atuavam no varejo dessas drogas de qualidade superior.

As buscas e apreensões foram realizadas em condomínios e residências de vários bairros da capital, mobilizando 27 equipes da Polícia Civil, composta por um total de 110 policiais civis de diferentes unidades da Diretoria de Atividades Especiais e Diretoria Metropolitana, além de delegacias de Rondonópolis.

O delegado titular da DRE, Wilson Cibulski Junior, destaca que a “Operação Rateio” faz parte do trabalho contínuo de combate ao tráfico de drogas realizado pela DRE, especialmente no que diz respeito às drogas sintéticas vendidas no varejo, além de investigações de maior complexidade.

O nome da operação refere-se à maneira como o grupo criminoso atua, dividindo a droga em porções menores e distribuindo entre traficantes em diferentes bairros da cidade.

Durante toda a semana, a Polícia Civil esteve envolvida no cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão, e realizou prisões em flagrante no âmbito da Operação Narke, deflagrada pelo Ministério da Justiça. Foram cumpridos 15 mandados de prisão, 12 mandados de busca e apreensão, e três prisões em flagrante em Cuiabá e região metropolitana.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *