Águas Cuiabá deve investi o que arrecada na capital, diz vice Stopa

Águas Cuiabá deve investi o que arrecada na capital, diz vice Stopa

José Roberto Stopa, o vice-prefeito do município de Cuiabá e membro do partido PV, está atualmente liderando uma minuciosa auditoria no contrato de concessão da empresa Águas Cuiabá. O objetivo principal dessa auditoria é examinar cuidadosamente se a concessionária está cumprindo adequadamente todas as suas obrigações contratuais e se os recursos financeiros arrecadados estão sendo devidamente investidos no desenvolvimento da cidade.

O vice-prefeito Stopa expressou sérias preocupações a respeito do cumprimento das responsabilidades por parte da concessionária. Durante uma visita que realizou ao bairro Pedra 90, ele observou que aproximadamente metade dos buracos presentes nas ruas da região são atribuídos à Águas Cuiabá. Stopa é um forte defensor de uma postura mais rigorosa por parte da concessionária, argumentando que ela precisa aprender a executar os serviços corretamente e de maneira eficiente.

Stopa ressaltou que a concessionária frequentemente deixa obras inacabadas, como cortes no asfalto, sem realizar os devidos reparos por longos períodos de tempo. Ele instou a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) a intensificar a fiscalização dos serviços prestados pela Águas Cuiabá e aplicar punições exemplares para evitar práticas inadequadas e contínuas.

Além disso, Stopa mencionou que tem pressionado pela conclusão da auditoria contratada pela Prefeitura. Ele enfatizou que assim que os resultados estiverem disponíveis, o prefeito Emanuel Pinheiro tomará as medidas necessárias para lidar com a situação. O vice-prefeito descreveu essa situação como um “presente de grego”, indicando que a concessão da Águas Cuiabá não está cumprindo adequadamente o contrato e as obrigações de investimento estabelecidas por lei.

Essas declarações refletem a insatisfação do vice-prefeito de Cuiabá em relação ao desempenho da concessionária Águas Cuiabá e sua determinação em investigar e tomar medidas para garantir que a empresa cumpra adequadamente suas obrigações contratuais e invista de maneira apropriada no desenvolvimento da cidade.

Além disso, é importante destacar o testemunho de Dona Lúcia Vieira, uma moradora do antigo bairro CPA 3, que vive com seus 4 netos em sua casa. Ela relata que, em frente à sua residência, há 5 anos a empresa Águas Cuiabá realizou um corte no asfalto para resolver um problema no encanamento de água, porém nunca retornou para consertar o asfalto. Dona Lúcia expressa sua insatisfação com essa situação.

O Vice-prefeito Stopa, que morava no CPA antes de assumir o cargo de vice-prefeito ao lado de Emanuel Pinheiro, está ciente das ruas cheias de buracos e completamente abandonadas. Além disso, ele menciona que o abastecimento de água é irregular, ocorrendo apenas em dias alternados, e quando ocorre, eles têm apenas duas horas pela manhã e duas horas à tarde para encher as caixas d’água. Dona Etelvina Reis, moradora do CPA3, também comenta sobre a triste situação em que se encontram.

Stopa mencionou que visitou o bairro Pedra 90 e constatou que nenhuma melhoria significativa foi feita nos últimos 8 anos. Agora, próximo ao fim do mandato, ele está visitando alguns bairros da cidade, pois é candidato a prefeito. Dona Etelvina Reis comenta que a situação é triste.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *