Sebrae espera até R$ 30 bi em crédito para pequeno empreendedor com programa Acredita, diz presidente à CNN

Sebrae espera até R$ 30 bi em crédito para pequeno empreendedor com programa Acredita, diz presidente à CNN

O programa Acredita tem como objetivo reestruturar o mercado de crédito no país, oferecendo novas possibilidades para autônomos e pequenos empreendedores. A iniciativa conta com o apoio do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que atuará como uma “porta de entrada” para o mercado financeiro desses empreendedores.

Segundo Décio Lima, presidente do Sebrae, a entidade está oferecendo um fundo garantidor de crédito, que é o maior da história do setor. O fundo garantidor apresentado pelo Sebrae possui R$ 2 bilhões, e a expectativa é de que sejam viabilizados até R$ 30 bilhões em crédito para MEIs, Micro e Pequenas Empresas nos próximos três anos por meio de renegociações de dívidas.

Um dos principais objetivos do programa Acredita é incentivar a formalização dos empreendedores informais, trazendo-os para a formalidade. O Sebrae busca abrir as portas do sistema financeiro, oferecendo garantias de crédito, para impulsionar ainda mais a economia do país.

Entre as medidas anunciadas pelo governo está uma medida provisória elaborada pela equipe econômica em conjunto com o Ministério do Empreendedorismo. Essa MP cria linhas de crédito especiais para microempreendedores individuais (MEIs) e microempresas com faturamento de até R$ 360 mil. O setor terá acesso a uma linha de crédito chamada Procred 360, com taxas de juros competitivas. Além disso, a medida provisória estabelece o Desenrola Pequenos Negócios, que permitirá a renegociação de dívidas para MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte.

O programa Acredita conta com o apoio do BNDES, cooperativas de crédito, bancos de desenvolvimento regional, além de bancos públicos e privados, com o objetivo de ampliar o acesso ao crédito.

Atualmente, o Brasil possui cerca de 15 milhões de microempreendedores individuais, que, somados às micro e pequenas empresas, representam 95% do total de empresas no país. No entanto, aproximadamente 80% desse setor não tem acesso ao crédito devido à falta de garantias e aval. Com o programa Acredita, o Sebrae pretende oferecer garantias para viabilizar o acesso ao crédito para esses empreendedores.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *