Chacareiro em Várzea Grande preso por captação irregular de água, arma de fogo e desmate em área de preservação

Chacareiro em Várzea Grande preso por captação irregular de água, arma de fogo e desmate em área de preservação
A ação conduzida pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) em Várzea Grande resultou na prisão do dono de uma propriedade rural por uma série de delitos.

A equipe da Dema estava investigando uma denúncia na região do Capão do Pequi e flagrou a extração ilegal de água de um córrego para abastecer tanques de criação de peixes, bem como o desvio do recurso hídrico através de um aterro. Além disso, foram constatados o desmatamento de uma área de floresta nativa em uma zona de preservação permanente e a construção de um barramento para acumulação de água.

Além dos crimes ambientais, durante a operação, o proprietário, um homem de 59 anos, informou aos investigadores que possuía uma arma de fogo calibre 28 e munições em sua propriedade. Ele foi preso em flagrante por posse irregular da arma de fogo.

Os equipamentos utilizados na extração ilegal de água, como o motor e a bomba, foram apreendidos juntamente com a arma de fogo e as munições.

O responsável pela chácara enfrentará acusações por desmatamento em área de preservação permanente, exploração irregular de recursos minerais, extração ilegal de água e posse irregular de arma de fogo. É importante ressaltar que a prevenção de práticas prejudiciais ao meio ambiente é fundamental para preservar a vida e o equilíbrio ambiental.

A operação contou com a participação de duas viaturas da Dema, além do apoio das equipes de fiscalização ambiental do município de Várzea Grande e da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Essa cooperação entre diferentes órgãos é crucial para combater e punir crimes contra o meio ambiente.

 Foto: PCMT

 

VEJA TAMBÉM O VÍDEO ABAIXO

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *