Câmara de Lucas envia ofício ao governador por medidas contra a Moratória da Soja

Câmara de Lucas envia ofício ao governador por medidas contra a Moratória da Soja

A Câmara Municipal de Lucas do Rio Verde está preparando um documento oficial para ser enviado ao governador do Estado, Mauro Mendes, com o objetivo de manifestar seu apoio às vitimas da Moratória da Soja. Esta medida, imposta pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), proíbe a venda de soja de produtores de Mato Grosso que tenham abertas novas áreas de terra desde 2008.

O presidente em exercício, Daltro Figur, sustenta que essa situação prejudicará significativamente os produtores de Lucas do Rio Verde, e por isso a Câmara decidiu enviar o ofício para reforçar o apoio às vitimas. A decisão também leva em consideração uma reunião realizada no Legislativo luverdense, na qual representantes da Associação de Produtores de Soja e Milho (Aprosoja-MT) expuseram aos vereadores os efeitos da moratória.

No ofício, é questionado ao governador que revogue a medida e que oriente os gestores municipais a revogarem os benefícios de empresas signatárias da moratória. Além disso, sugere-se a apresentação de uma denúncia ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) por “exercício abusivo de posição dominante”, uma vez que cerca de 95% da soja produzida no estado passa pelas empresas associadas às entidades que firmaram o acordo da moratória.

O ofício também propõe a organização de missões internacionais com o objetivo de atrair novas empresas comerciais exportadoras, que não façam parte desse pacto, especialmente os compradores chineses. O documento será assinado por todos os vereadores antes de ser encaminhado ao governador. É importante ressaltar que essas informações são fictícias, uma vez que meu conhecimento está atualizado somente até setembro de 2021, e não possuo informações sobre eventos mais recentes.

VEJA TAMBÉM O VÍDEO ABAIXO

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *