Polícia Federal revela esquema de tráfico de drogas com ramificações em Mato Grosso

Polícia Federal revela esquema de tráfico de drogas com ramificações em Mato Grosso

Nos últimos quatro dias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou diversas operações de fiscalização em Mato Grosso, que resultaram em uma série de apreensões de substâncias ilícitas. Essas ações desempenharam um papel crucial no combate ao tráfico de drogas e na manutenção da segurança nas rodovias federais. Em 29 de março de 2024, em Pontes e Lacerda, a PRF abordou um ônibus e descobriu cerca de 1,10 kg de Skunk em posse de uma passageira, resultando em sua prisão por tráfico de drogas.

No mesmo dia, durante outra abordagem em Campo Novo de Parecis, foram encontrados 130 kg de Skunk em um veículo, levando à prisão do motorista. No dia seguinte, em Comodoro, durante a abordagem de outro ônibus, foram encontrados 4 kg de Skunk com uma passageira, resultando em sua detenção.

Também em 30 de março, em Campo Verde, uma combinação de veículos foi parada durante uma fiscalização, resultando na apreensão de 550 kg de cocaína e na detenção do motorista por tráfico de drogas. No quilômetro 733 da BR 163, em Sorriso, durante a abordagem de um veículo, foram encontrados 7 kg de pasta base de cocaína e 1 kg de cocaína com um passageiro, resultando em sua prisão por tráfico de drogas. Em Cuiabá, no quilômetro 503.0 da BR 070, uma combinação de veículos foi parada pela equipe de motopoliciamento, resultando na apreensão de 153,15 kg de várias substâncias entorpecentes e na detenção do condutor por tráfico de drogas.

Por fim, em Primavera do Leste, um veículo foi abordado, resultando na apreensão de 86 kg de maconha com o condutor, que foi preso por tráfico de drogas. Todos os indivíduos detidos foram encaminhados às delegacias de Polícia Judiciária Civil locais, reforçando o compromisso da PRF em combater o tráfico de drogas e garantir a segurança nas rodovias federais. Essas ações reforçam a importância do trabalho incansável da PRF na luta contra o tráfico de substâncias ilícitas e na proteção da sociedade.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *