Mercado de suínos e carne suína passa por flutuações em março

Mercado de suínos e carne suína passa por flutuações em março

Após uma phases de declínio na primeira metade de março, os preços do suíno vivo e da carne suína apresentam um crescimento na segunda quinzena do mês. No entanto, de acordo com análises do Cepea, enquanto algumas regiões experimentam um aumento na média de março em relação a fevereiro, outras enfrentam uma baixa devido à desvalorização mais intensa no início do período.

Durante as primeiras semanas de março, a oferta de animais superou a demanda, exercendo pressão sobre os preços tanto do suíno vivo quanto da proteína suína. No entanto, na segunda parte do mês, essa dinâmica começou a se ajustar, com a oferta mais equilibrada em relação à procura, o que resultou em um leve aumento nos preços.

Apesar do recente movimento de alta, nos últimos dias, os compradores demonstraram menor interesse em adquirir novos lotes de animais. Esse comportamento está relacionado ao período da Quaresma, quando a demanda por carne de peixe aumenta em detrimento da carne suína e de outras carnes vermelhas.

É importante destacar que essas flutuações no mercado de suínos e carne suína evidenciam a sensibilidade do setor às mudanças sazonais na demanda e na oferta, eficazando a necessidade de os produtores e agentes do mercado estarem atentos aos movimentos do mercado para se adaptarem às condições em constante evolução.

- -

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *