Emenda de Dante de Oliveira comemora 40 anos e recebe homenagem no Senado

Emenda de Dante de Oliveira comemora 40 anos e recebe homenagem no Senado

Personalidades políticas, amigos e familiares de Dante de Oliveira destacaram, durante uma sessão especial realizada no Senado Federal nesta sexta-feira (26), a importância de fortalecer a democracia no Brasil, um processo que requer atenção e dedicação contínuas. Essa reflexão ocorre durante uma homenagem à emenda das Diretas Já e ao seu autor, Dante de Oliveira. A emenda foi proposta pelo então deputado federal em 1983 e foi derrotada em 25 de abril de 1984, mas mobilizou milhões de brasileiros em todo o país.

O senador Wellington Fagundes propôs essa homenagem e ressaltou a relevância da emenda de Dante de Oliveira para a consolidação das liberdades democráticas no país, ao demandar a reintrodução das eleições diretas para presidente da República. O parlamentar afirmou que Dante de Oliveira nos enche de orgulho devido à sua dedicação e liderança. Ele disse: “Não foram poucas as vezes em que ouvi Dante falar sobre seu desejo de ver Mato Grosso e o Brasil avançarem em direção a uma sociedade mais justa, na qual todos pudessem viver em liberdade e exercer plenamente a democracia.”

O senador destacou que as manifestações que tomaram conta do Brasil foram verdadeiras celebrações de esperança, união e resiliência.

A família relembrou a liderança de Dante de Oliveira, que retornou ao Rio de Janeiro após concluir seus estudos em Engenharia Civil e decidiu se envolver em questões sociais e políticas, o que o levou a ser deputado estadual, prefeito de Cuiabá, deputado federal, ministro da Reforma Agrária e governador de Mato Grosso.

Dante nasceu em Cuiabá em 6 de fevereiro de 1952 e faleceu em 6 de julho de 2006.

A sessão especial contou com a interpretação do Hino Nacional por Fafá de Belém e com depoimentos do senador Chico Rodrigues, dos ex-senadores Márcio Lacerda, Antero Paes de Barros e Valdir Raupp, dos deputados estaduais Wilson Santos e Carlos Avallone, do ex-deputado federal Domingos Leonelli, do presidente do Instituto Dante de Oliveira, Leonardo Oliveira, da mãe Maria Benedita, da irmã Inês de Oliveira, da deputada federal Lídice da Mata, da viúva de Dante de Oliveira, Thelma de Oliveira, e da jornalista Dora Kramer. No encerramento, foi apresentado o trailer do filme “A primavera de Dante”, produzido pela Amiscin e pelo produtor cultural Paulo Traven. O filme ainda será lançado nos cinemas.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *