Emanuel celebra aprovação por Comissão Regional e anuncia R$ 60 milhões para Saúde Pública de Cuiabá

Emanuel celebra aprovação por Comissão Regional e anuncia R$ 60 milhões para Saúde Pública de Cuiabá

Em uma reunião extraordinária da Comissão Intergestores Regional (CIR), realizada virtualmente nesta quinta-feira (23), foi aprovada a liberação de R$ 60 milhões (por ano) em recursos federais destinados à saúde pública de Cuiabá. Esse anúncio foi feito anteriormente pelo prefeito Emanuel Pinheiro, em Brasília, na semana passada.

Graças à intermediação do deputado federal Emanuelzinho, o Ministério da Saúde anunciou o aporte financeiro para a capital do Mato Grosso, que estava enfrentando dificuldades por não receber a contrapartida legal do estado. Com a rede de saúde municipal sobrecarregada, os usuários do SUS do interior do estado buscavam atendimento na capital.

Nesta manhã, o prefeito Emanuel Pinheiro comemorou a aprovação desses R$ 60 milhões para incrementar o Teto MAC (Teto de Média e Alta Complexidade). Ele ressaltou que Cuiabá sempre arcou com os custos da saúde do estado e que esses recursos serão essenciais para manter os atendimentos de forma eficaz e com qualidade. Apesar de o SUS ser universal, a cidade precisa de recursos financeiros para sustentar adequadamente seus serviços de saúde.

O secretário municipal de Saúde, Deiver Teixeira, destacou que esse aumento de recursos representa um investimento direto no bem-estar da população. Ele afirmou que essa é uma vitória de toda a comunidade, resultado do comprometimento, dedicação e união em prol do objetivo comum de promover a saúde e o bem-estar dos cidadãos.

Além disso, durante a CIR, foram aprovadas outras duas propostas que beneficiarão Cuiabá: o incentivo financeiro estadual de custeio mensal da UPA Verdão e da UPA Jardim Leblon. Caso essas propostas sejam aprovadas na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), cada UPA receberá um aporte de R$ 125 mil do estado.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *