Seis integrantes de grupo criminoso especializado em cobranças são presos em Confresa de Mato Grosso

Seis integrantes de grupo criminoso especializado em cobranças são presos em Confresa de Mato Grosso

Seis indivíduos foram detidos em flagrante por fazerem parte de uma organização criminosa envolvida na cobrança de dívidas nos estados de Mato Grosso, Tocantins e Goiás. A ação conjunta da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Porto Alegre do Norte, e da Polícia Militar resultou na apreensão de dois veículos utilizados pelo grupo, bem como de um contrato de cobrança no valor superior a R$ 2,8 milhões.

As investigações tiveram início quando uma vítima procurou as autoridades policiais e relatou ter sido ameaçada duas vezes no mesmo dia devido a uma dívida. Segundo informações fornecidas, quatro suspeitos em um veículo modelo SW4 chegaram à propriedade da vítima exigindo o pagamento da dívida. Mais tarde, os suspeitos, agora em um grupo de seis pessoas e utilizando dois veículos (um SW4 e um Jeep Renegade), retornaram ao local, ameaçaram novamente a vítima e cobraram o valor devido, chegando a afirmar que incendiariam a propriedade caso o pagamento não fosse efetuado até o final do dia. A vítima também mencionou ter avistado diversas armas dentro dos veículos.

Com base nas informações fornecidas pela vítima, as autoridades iniciaram imediatamente as diligências para localizar os suspeitos. Foi possível abordar o veículo SW4 com três dos envolvidos, os quais admitiram terem ido à propriedade em duas ocasiões, porém negaram as ameaças dirigidas à vítima.

Com informações de que os outros membros do grupo estavam hospedados em um hotel em Confresa, os policiais se dirigiram até o local e encontraram o veículo Jeep Renegade, bem como os suspeitos. Durante a operação, foi apreendido um contrato de prestação de serviços e cobranças no valor de mais de R$ 2,8 milhões.

Ao verificar o sistema, constatou-se que todos os suspeitos possuíam registros anteriores por práticas semelhantes, envolvendo ameaças, coação ilegal e cobranças violentas nos estados de Mato Grosso, Tocantins e Goiás. Após serem interrogados, o delegado Denis Cardoso de Brito formalizou a prisão em flagrante dos suspeitos.

VEJA TAMBÉM O VÍDEO ABAIXO

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *