Saques irregulares de créditos judiciais são investigados pela Polícia Federal no Maranhão e Mato Grosso

Saques irregulares de créditos judiciais são investigados pela Polícia Federal no Maranhão e Mato Grosso

A ação denominada Contragolpe, iniciada pela Polícia Federal em São Luís, tem como propósito investigar e combater saques fraudulentos de valores depositados em contas vinculadas a processos da Justiça Federal. O indivíduo suspeito de realizar tais saques foi localizado no Estado do Maranhão.

Durante as diligências, a Polícia Federal constatou que o investigado também cometeu fraudes relacionadas a créditos judiciais nos Estados do Pará, Goiás, Bahia e Maranhão. Estima-se que o montante de prejuízo decorrente dessas ações fraudulentas seja aproximadamente de R$ 400 mil.

As investigações tiveram início em janeiro de 2024, após uma denúncia efetuada por uma das vítimas, um indivíduo idoso de 71 anos. Ele relatou o desvio indevido de mais de R$ 200 mil, que haviam sido depositados judicialmente pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), em decorrência de uma sentença proferida pela 1ª Vara Federal Cível e Agrária da Seção Judiciária de Mato Grosso.

As ordens judiciais para a realização da operação Contragolpe foram emitidas pela 7ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária de Mato Grosso.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *