Rússia anuncia corte na produção de petróleo no 2º trimestre

Rússia anuncia corte na produção de petróleo no 2º trimestre

A Rússia optou por direcionar seus esforços para diminuir a produção de petróleo em vez das exportações durante o segundo trimestre, a fim de compartilhar equitativamente os cortes de produção com os demais países membros da Opep+, afirmou o vice-primeiro-ministro Alexander Novak nesta sexta-feira. No início deste mês, a Rússia anunciou que reduziria sua produção e exportação de petróleo em um adicional de 471.000 barris por dia (bpd) durante o segundo trimestre, em coordenação com alguns países participantes da Opep+. Novak também informou aos jornalistas que as empresas petrolíferas russas reduzirão sua produção de maneira proporcional à sua participação na produção total de petróleo do país.

O plano da Rússia é aliviar gradualmente os cortes nas exportações: em abril, a produção será reduzida em mais 350 mil bpd, com as exportações diminuindo em 121 mil bpd. Em maio, haverá um corte adicional na produção de 400 mil bpd, com as exportações sendo reduzidas em 71 mil bpd. Em junho, todos os cortes adicionais serão provenientes da produção de petróleo. Como o segundo maior exportador mundial de petróleo, a Rússia já havia reduzido as exportações de petróleo e combustíveis em um total combinado de 500.000 bpd no primeiro trimestre, além do compromisso anterior de diminuir a produção em conjunto com os demais membros do grupo Opep+. A decisão da Rússia de reduzir ainda mais a produção de petróleo em vez das exportações foi uma medida surpreendente.

VEJA TAMBÉM O VÍDEO ABAIXO

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *