Pré-candidatos se desentenderam por causa de projeto sobre BRT

Pré-candidatos se desentenderam por causa de projeto sobre BRT

Uma situação delicada ocorrida na Assembleia Legislativa de Mato Grosso na sessão de hoje quarta-feira (3), entre os deputados Lúdio Cabral (PT) e Eduardo Botelho (União), ambos pré-candidatos a prefeito de Cuiabá. Esse tipo de desentendimento entre políticos rivais é lamentável, mas infelizmente não é algo incomum, especialmente em um período eleitoral onde chegam até as vias de fato.

A discussão girou em torno de um requerimento em regime de urgência, projeto de lei apresentado por Lúdio, que busca regulamentar a operação do sistema de BRT em Cuiabá e Várzea Grande, estabelecendo uma tarifa de R$ 1,00 por 5 anos com recursos provenientes da venda dos vagões do VLT para o estado da Bahia, por R$ 780 milhões. Como Botelho estava presidindo a sessão na qual o projeto seria discutido, houve um confronto verbal que quase resultou em violência física.

Eles bateram boca, tête-à-tête e, por pouco, não saíram às vias de fatos. No meio da discussão, Lúdio se dirige à cadeira de Botelho, que está sentado presidindo a sessão, e o provoca. Irritado, Botelho se levantou e empurrou o petista.

Redação JA / Foto: reprodução

- -

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *