Mauro entrega contas ao TCE e destaca equilíbrio fiscal e investimentos mesmo com queda na arrecadação

Mauro entrega contas ao TCE e destaca equilíbrio fiscal e investimentos mesmo com queda na arrecadação

Na quarta-feira 03-04-2024, o governador Mauro Mendes entregou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) as contas anuais do Governo de Mato Grosso referentes ao exercício de 2023. Ele ressaltou que, apesar da queda na arrecadação do ano passado, o esforço em manter o equilíbrio fiscal possibilitou investimentos significativos em obras de infraestrutura em todos os municípios do Estado.

De acordo com o relatório das contas, mais de 19% de toda a arrecadação de Mato Grosso foi direcionada para investimentos. O governador afirmou: “Mais uma vez, encerramos o ano com equilíbrio fiscal e cumprimos rigorosamente os pagamentos aos nossos fornecedores dentro do prazo. Nunca atrasamos um único dia e estamos administrando de forma responsável o dinheiro dos contribuintes para realizar investimentos importantes em todo o Estado.”

Mauro também mencionou a expectativa da análise do TCE em relação ao planejamento e ao cumprimento dos limites constitucionais e legais, com base na Lei Orçamentária Anual (LOA). Ele expressou confiança na análise técnica realizada pelo TCE e no importante controle das contas. Os números são transparentes, e ele tem certeza de que sua administração está desempenhando corretamente seu papel. A expectativa é que o bom desempenho de 2023 seja mantido em 2024.

O presidente do TCE, conselheiro Sérgio Ricardo, parabenizou o governador Mauro Mendes pela entrega das contas estaduais dentro do prazo. Ele destacou que o bom desempenho de Mato Grosso no Produto Interno Bruto (PIB) está diretamente ligado a uma gestão “positiva e proativa” do governo estadual. O estado apresenta um PIB significativo, está em desenvolvimento constante e isso se reflete em mais de 800 convênios com as prefeituras. Enquanto o país destina cerca de 2% para infraestrutura, Mato Grosso investiu 19% nesse setor. Portanto, o tribunal tem confiança e tranquilidade para analisar as contas, pois tudo está visivelmente claro.

O presidente ressaltou que o Tribunal de Contas reconhece o bom desempenho da gestão estadual, seja na construção dos seis hospitais em andamento ou nos investimentos realizados no menor município de Mato Grosso. “O TCE cobra um desenvolvimento mais equitativo e que todas as ações do Estado cheguem aos municípios. E podemos observar na prática que isso está acontecendo. Recentemente, estivemos em Araguainha, o menor município do Estado, e lá encontramos obras do governo”, relembrou ele.

Além disso, estiveram presentes durante a apresentação das contas: os membros do conselho Guilherme Maluf, José Novelli, Valter Albano, Antônio Joaquim e Waldir Teis; os secretários estaduais Fábio Garcia (Casa Civil), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão) e Rogério Gallo (Fazenda); e o controlador-geral do Estado, Paulo Farias. Esses representantes também acompanharam o governador Mauro Mendes na ocasião da entrega das contas anuais do Governo de Mato Grosso ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT).

VEJA TAMBÉM O VÍDEO ABAIXO

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *