Mato Grosso cresce17% da receita no primeiro bimestre de 2024

Mato Grosso cresce17% da receita no primeiro bimestre de 2024

No primeiro bimestre de 2024, o estado de Mato Grosso registrou um aumento expressivo em sua Receita Corrente, apresentando um crescimento de 17% em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse resultado indica uma dinâmica positiva para a economia estadual e um ambiente favorável ao crescimento e desenvolvimento.

É válido ressaltar, no entanto, que o aumento das despesas também requer atenção. Embora o crescimento das despesas seja inferior ao crescimento da receita, é essencial uma gestão eficiente dos recursos públicos para garantir a sustentabilidade fiscal a longo prazo.

O Resultado Orçamentário de Mato Grosso também teve um aumento significativo, atingindo a marca de R$ 2,15 bilhões no primeiro bimestre de 2024, o que representa 42% da Receita Corrente Líquida (RCL) do estado. Esse indicador reflete um superávit orçamentário, contribuindo para fortalecer a saúde financeira do estado.

Embora Mato Grosso não tenha registrado o maior aumento na receita em comparação com outros estados, destaca-se pela capacidade de acumular uma poupança corrente significativa em relação à sua Receita Corrente Líquida. Isso demonstra uma gestão fiscal responsável e eficiente.

No que diz respeito aos investimentos, Mato Grosso ainda enfrenta desafios. Embora alguns estados apresentem percentuais mais elevados de investimentos em relação à Receita Total, Mato Grosso está abaixo dessa média. É importante destacar que a falta de investimentos pode ter um impacto negativo no desenvolvimento econômico e social a longo prazo.

Diante desse cenário, é fundamental que Mato Grosso e outros estados brasileiros busquem manter um equilíbrio entre o aumento da receita, o controle das despesas e o aumento dos investimentos. Isso ajudará a promover um crescimento sustentável e inclusivo em suas economias, garantindo o desenvolvimento a longo prazo. Essas medidas contribuem para fortalecer a estabilidade fiscal e impulsionar o progresso econômico e social do estado.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *