Gestora de creche em Cuiabá é exonerada após denúncia de maus-tratos a criança de 1 ano

Gestora de creche em Cuiabá é exonerada após denúncia de maus-tratos a criança de 1 ano

É extremamente alarmante a ocorrência de abusos contra crianças, especialmente em um ambiente como uma creche, que deveria ser seguro e acolhedor. A mãe da criança de um ano e dois meses fez uma denúncia à Polícia Civil, que foi acompanhada por um exame médico que confirmou as agressões, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação (SME). A denúncia foi recebida com seriedade pelas autoridades, o que demonstra o compromisso em proteger os direitos das crianças e investigar eventuais irregularidades.

Nesta terça-feira 30-04-2024, a equipe de gestão da creche foi demitida e um interventor foi nomeado imediatamente, como medidas para garantir a continuidade de um atendimento adequado e seguro às crianças. Além disso, um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) foi aberto para investigar as condutas tanto da equipe de gestão quanto dos profissionais envolvidos nos incidentes.

Com o consentimento da família, a criança foi transferida para outra unidade da rede pública de ensino, uma medida importante para garantir seu bem-estar e segurança. Em comunicado, a SME expressou profundo pesar pelo ocorrido e reforçou sua repulsa a qualquer forma de violência contra crianças.

A Polícia Civil está conduzindo as investigações para apurar os fatos e responsabilidades dos envolvidos nos abusos. É fundamental que a Secretaria Municipal de Educação (SME) colabore plenamente com as autoridades para esclarecer o ocorrido e tomar as medidas necessárias para prevenir incidentes semelhantes no futuro.

É importante ressaltar que a violência contra crianças é inaceitável e precisa ser combatida de forma incisiva. Todas as crianças têm o direito de serem cuidadas, protegidas e educadas em ambientes seguros e saudáveis. É responsabilidade de todos, incluindo as autoridades competentes, garantir que esses direitos sejam respeitados e que medidas adequadas sejam tomadas para evitar a repetição de tais incidentes.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *