Fazenda estima que novo DPVAT vai custar entre R$ 50 e R$ 60 aos motoristas

Fazenda estima que novo DPVAT vai custar entre R$ 50 e R$ 60 aos motoristas
Conforme estimativa do Ministério da Fazenda, o novo seguro obrigatório DPVAT, destinado a indenizar vítimas de acidentes de trânsito, terá um custo anual de R$ 50 a R$ 60 para os motoristas. Esses números foram confirmados pelo senador Jaques Wagner (PT-BA) durante uma sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

O senador, que é líder do governo no Senado e relator do projeto que institui o Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidente de Trânsito (SPVAT), já aprovado na Câmara dos Deputados, votou favoravelmente à constitucionalidade da matéria, e o relatório foi aprovado pela Comissão por 15 votos a favor e 11 contrários.

Wagner apresentou com entusiasmo os valores, que são inferiores aos cobrados dos motoristas durante a vigência do antigo DPVAT. Naquela época, os valores do seguro eram administrados por um consórcio de seguradoras, enquanto agora estarão sob responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

Em 2016, antes de a tarifa do DPVAT começar a diminuir, a taxa era de R$ 105 para proprietários de carros e R$ 134 para proprietários de motos. O pagamento ocorre juntamente com o IPVA, e todos os motoristas são obrigados a quitá-lo.

“Neste caso, o valor será de R$ 50 a R$ 60 para todos”, afirmou Wagner nesta terça-feira 07-05-2024.

Durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), a cobrança do DPVAT foi interrompida. No ano passado, a Caixa informou que só haveria recursos para atender aos pedidos referentes a acidentes ocorridos até 14 de novembro de 2023, o que impulsionou politicamente a recriação do seguro.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *