Fabio Garcia pede consenso e teme racha na base sobre indicação de vice na chapa de Botelho

Fabio Garcia pede consenso e teme racha na base sobre indicação de vice na chapa de Botelho

O coordenador-geral da campanha de Eduardo Botelho à prefeitura de Cuiabá, Fábio Garcia, informou, durante visita à Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que ainda é cedo para definir o nome do candidato a vice-prefeito na chapa do pré-candidato (UNIÃO BRASIL). Ele adiantou que a expectativa é buscar o consenso.

Garcia afirmou que o Republicanos, partido do vice-governador Otaviano Pivetta, tem “legitimidade” para indicar um nome para a vaga de vice na chapa de Botelho. O nome será discutido entre todos os partidos da aliança. “Será um nome que tenha consenso do grupo e que poderá ajudar a consertar Cuiabá”, disse o chefe da Casa Civil quando questionado pela imprensa.

Há uma disputa envolvendo o Republicanos e o PRD (Partido Republicano Democrático) em relação à indicação do vice. O Republicanos ameaçou deixar a aliança se o ex-vereador Felipe Wellaton, indicado pelo PRD, for o escolhido.

Fábio Garcia afirmou que a expectativa é buscar um nome que tenha consenso entre todos os partidos da aliança e que possa “ajudar a consertar Cuiabá,” que está abandonada em relação à saúde, educação e infraestrutura. Ele ressaltou que será necessária uma aliança forte para colocar a capital novamente em ordem.

Portanto, parece haver uma negociação em andamento para definir o candidato a vice-prefeito na chapa de Eduardo Botelho, com o Republicanos reivindicando esse espaço. A solução buscada é um nome de consenso da ampla aliança.

- -

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *