“Arcaica” diz deputado sobre a rede de distribuição de água em Várzea Grande

“Arcaica” diz deputado sobre a rede de distribuição de água em Várzea Grande

O deputado estadual Fábio Tardin, filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), manifestou sua preocupação com a situação do Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Várzea Grande, ressaltando os desafios enfrentados pela instituição para cobrir suas despesas devido ao desperdício e à má distribuição dos recursos hídricos. Segundo o parlamentar, tais problemas têm um impacto direto na arrecadação do departamento.

Tardin comparou a realidade de Várzea Grande com a cidade de Rondonópolis, que possui uma população menor, mas arrecada mais devido à melhor estruturação de sua rede de água e esgoto. Ele enfatizou a importância da implementação de medidas para combater o desperdício, como a instalação de hidrômetros, e destacou a necessidade de aumentar a arrecadação a fim de viabilizar investimentos no setor.

O deputado ressaltou que a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Pari, com um investimento de R$ 26 milhões por parte do Governo do Estado, evitou que a distribuição de água em Várzea Grande se tornasse ainda mais precária. Com base nisso, Tardin defendeu a privatização do DAE como uma solução para aprimorar a captação e distribuição dos recursos hídricos na região.

Ele argumentou que o investimento público é um processo demorado e que a privatização permitiria uma gestão mais eficiente e ágil. Tardin ressaltou que a privatização do DAE já é uma prática comum em muitas cidades de porte semelhante e que essa medida poderia contribuir significativamente para solucionar os problemas enfrentados atualmente, que são considerados antiquados. É importante ressaltar que essa é a posição e opinião específicas do deputado Fábio Tardin, e existem diferentes perspectivas em relação à privatização de serviços públicos, incluindo a gestão dos recursos hídricos. O debate sobre esse assunto envolve considerações políticas, econômicas e sociais, e é necessário analisar cuidadosamente os prós e contras antes de tomar uma decisão significativa, como a privatização de um departamento de água e esgoto.

- -

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *