Amigo de Robinho se apresenta à PF e é preso em São Paulo por estupro

Amigo de Robinho se apresenta à PF e é preso em São Paulo por estupro

Ricardo Falco, amigo de Robinho que foi condenado por estupro coletivo na Itália, compareceu à Polícia Federal de São Paulo na noite desta sexta-feira (7), após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) emitir um mandado de prisão contra ele.

A determinação era para que Falco cumprisse a pena imediatamente no Brasil, assim como já havia acontecido com Robinho. Os dois foram condenados pelo crime de estupro contra uma mulher albanesa, em uma boate na Itália em 2003, quando Robinho defendia o Milan.

Falco será levado para a prisão de Tremembé, o mesmo local onde Robinho cumpre sua sentença.

Quando os dois foram condenados pela Justiça italiana, eles já estavam no Brasil, o que levou o governo italiano a solicitar a extradição, que foi negada. Posteriormente, o pedido foi para que Robinho e Falco cumprissem suas penas no território brasileiro, o que foi aceito pelo STJ. Robinho está preso desde 21 de março.

De acordo com a advogada de Falco, Lorena Machado, ele se apresentou imediatamente às autoridades brasileiras após a emissão do mandado de prisão e permanecerá colaborando com a Justiça. Agora, aguarda-se a apreciação do Habeas Corpus impetrado no Supremo Tribunal Federal, para garantir o exercício do seu direito à liberdade até o trânsito em julgado do processo de homologação.

Apenas Robinho e Falco foram condenados pelo caso de violência sexual. Os outros quatro denunciados que foram envolvidos no caso estão livres, pois a Justiça italiana não conseguiu notificá-los, já que eles deixaram o país durante as investigações.

-

Redação: radiocuiabanafm.com.br

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *